quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

.sem, zen.


E é estranho.

Porque extrañote.
É.

E por ser estranho não é assim tão banal...
Talvez por isso que abale.
E quando você não sabe de muita coisa.
muita coisa te impressiona.
Mas nem tudo que late morde, não é assim?!
(Latido.)
Sem mordidas mais.

Na maioria das vezes é assim... não vou falar que sempre é, por que o sempre
é um 'grande desconhecido'.
Mas a gente aprende e ensina mesmo sem saber.
Sem saber ensinar ou sem saber que está ensinando.

E que bom que tudo se resume em momentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário