quarta-feira, 18 de agosto de 2010

.curta-metragem.


Não quero mais falar sobre isso, não quero e falo como se eu já não me governasse, ou me surpreendo como se algum dia já tivesse me governado. Eu tenho leis e limites e tento seguir o que me proponho.
Talvez desgorvenada, mas tentando não ser desleal.
Sinto que devo me calar, mas já não confio muito em meus sentidos.
Penso que o processo não está sendo processado como deveria, mas aprendi a pensar duas vezes.
Realmente estou em um estado em que estar não significa presença.
Eu não quero mais querer dessa maneira um tanto quanto desmedida.
O fato é que a receita pode ser a mesma, mas o bolo sai diferente.

Dependente do Tempo.
Ele passa e permanece independente de nossas rotulações.
Ele não se importa com elas, nós que nos dedicamos a desvendá-las,
nós que nos empenhamos em explicá-las,
não conseguimos entender nem o que criamos,
quem dirá o que é Criador.
E não estou dando um sentido místico ao que falo,
é tudo muito pessoal, pessoa.

Não falo de anjos, bruxas, demônios...
falo de seres humanos, que às vezes me parecem isso tudo misturado
em um bolo sem receita, há quem diga em um caldeirão de temperos exóticos.

Estou sendo subjetiva com meus próprios objetivos,
não posso me enganar, não seria leal comigo mesma,
eu que em tantos momentos sou minha única companheira,
eu que na vida que vivo me aturo sabendo que meu estado de humor é passageiro,
sabendo que não sou só o que transpareço.
Não vou me enganar, nem que para isso tenha que mudar o que não quero ver,
eu sou criatura e criadora.
Crio a visão do Mundo em que vivo, o
ponto de vista é meu,
o anglo pode me ser posto,
mas os olhos estão em minha face.

Expor é distinto de impor.

Viandante, que anda entre vias de movimento intenso,
que se recolhe no acostamento para pegar fôlego, que
observa o tráfego e participa dele.
Eu caminho comigo.

(Teimo em ser sincera como se fosse colher frutos doces por isso,
mas se amargos forem... enfim... se amargos forem, serão. )

2 comentários:

  1. se amargos forem é so adicionar açucar!
    hehehhehe
    ah! e ser sincera é uma virtude vc vai colher frutos, nao obrigatoriamente agora, quem sabe depois!

    gostei pra calareo!

    ResponderExcluir
  2. ei gringa! volte logo, hahaha, mesmo que volte depois, mas volte.
    hahahaha!
    :*

    ResponderExcluir