terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

.con(re)tornando... olhos e olhares.

Lápis de olho, para pintar os olhos escuros.
Lápis de cor, lápis para colorir o céu cinzento.
A cor cinza.
Lápis de olho azul (da cor do céu) para colorir o olhar cinzento.
O que se precisa?
Lápis de escrever, ponta cinza escrevendo. Apontador.
Aponta para a direção da cor que atrai.
'Pra fé e rema', remador.
Remador, rima a dor,
Amar, amador, a dor de amar, reamar.
Papel branco (como as nuvens) acinzentando a cada palavra escrita (com o lápis.)
Perde sua aparente leveza branca, como as nuvens em dias de céu nublado.
Também chove em dia de Sol.
Sentindo-se na folha,
Na folha da árvore enraizada, sentindo-se uma gota, na folha. Uma lágrima ou o orvalho.
Verde em destaque. Ver. De lá para cá.
Sem explicar, sigo e segue-se.
Escrevendo. De cá para algum lugar.
Uma bela caligrafia, como que
parecendo ansiar a saída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário