domingo, 18 de novembro de 2012

.reflexões.




A gente se queima, se fere querendo persistir em um estado que nos enfraquece, pensamos que ao atingir o outro nos aliviamos, mas não... 
na verdade prejudicamos a nós mesmos e contribuímos para gerar energias e situações desagradáveis para todos. 


Refleti sobre isso esses dias. E conclui
:
Liberte-se! Transforme-se! 
É tão tranquilizador, nos dá uma leveza tão grande quando conseguimos superar uma raiva, quando conseguimos transformar uma mágoa em algo que nos permitiu alguma evolução, quando já não alimentamos a decepção e sentimos que fizemos dela uma ponte que deu acesso a alguma transformação interior. Não nos enganemos, isso exige esforço e dedicação.

Os pensamentos nos vêm e muitos deles nos despertam lembranças ruins, não dominamos a chegada de um pensamento, mas podemos ir diminuindo a permanência dele até que sua chegada venha junto com sua partida e se vá. Só devemos dar importância para pensamentos que geram em nós boas sensações. Para assim podermos verdadeiramente transmitir beleza em nossas palavras e atitudes. Pegue seus pensamentos e voe para o paraíso.

Para mim, escrever é como fazer uma espécie de fotossíntese.

É levar a mente para lugares incríveis.
Lançar sementes na Terra antes infértil.
Arejar os pensamentos.
Proporcionar ao coração um banho de sol.